DAP 2015 Extractives – Planificação e desenvolvimento da força de trabalho para a indústria extractiva


PERFIL DESEJADO DO CANDIDATO – PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA FORÇA DE TRABALHO PARA A INDÚSTRIA EXTRACTIVA

Grupo alvo
  • Ser nacional de um país elegível
  • Ser um profissional no nível médio ou superior a trabalhar na área de política, prática, investigação ou reforma do sector mineiro
  • Estar actualmente empregado num ministério de mineração ou outra agência governamental ou organização de sociedade civil relevante. Pessoas que trabalham no sector privado não podem candidatar-se.
  • Possuir uma visão clara de como serão aplicados os conhecimentos adquiridos no curso de curta duração de forma a melhorar a política, prática, pesquisa ou reforma do sector mineiro no seu país
Elegibilidade
  •  Deve cumprir com os requisitos de restrição de idade para o seu país
  • Deve cumprir com os requisitos de experiência de trabalho para o seu país
  • Deve estar disposto a comprometer-se formalmente a retomar o seu actual emprego após a conclusão do curso de curta duração
  • Uma vez que este curso será ministrado em inglês, é necessário um nível adequado de proficiência de forma a que os bolseiros possam participar plenamente e beneficiar do curso. Deve preencher os critérios gerais de elegibilidade abaixo indicados.
  • Os candidatos do sexo feminino e pessoas com deficiência são encorajados a candidatarem-se
Opções de Serviço de Apoio
  • Assistência de necessidades especiais conforme apropriado e de acordo com cada caso
Critérios Gerais de Elegibilidade para os Candidatos dos Cursos de Curta Duração
Para ser elegível para uma bolsa de estudos de curta duração, os candidatos devem
  •   Ter cidadania de e residir actualmente no país da sua nacionalidade
  • Não estar casados, nem numa união de facto, nem estar comprometidos com uma pessoa que tem ou é elegível para ter cidadania ou estatuto de residente permanente na Austrália ou na Nova Zelândia
  •  Preencher todos os requisitos específicos estabelecidos pelo país do candidato e/ou governo da cidadania que possui
  • Preencher todos os requisitos exigidos pelo Departamento de Imigração e Protecção de Fronteiras (DIBP) para o pedido de um visto de estudante do Departamento de Negócios Estrangeiros e Comércio (DFAT)
  • Possuir todos os requisitos de admissão específicos da instituição na qual o curso de curta duração será realizado
  • Possuir um bacharelato ou equivalente.

Os candidatos devem informar o Governo Australiano de qualquer ligação ou relação com pessoal contratado pelo Governo Australiano ou Empresas Gestoras na altura da candidatura.

Detalhes do Curso
  • Contexto mundial e normas internacionais, incluindo exemplos de melhores práticas da Austrália
  • Contexto legislativo e político, incluindo estruturas institucionais para a política, planificação e ministração de competências
  • Prognósticar e analisar competências e a força de trabalho
  • Desenvolvimento de normas de competência profissional ligadas às necessidades de competências e resultados ocupacionais do sector
  • Modelos para a colaboração entre governos, a indústria, entidades empregadoras e de empregados e comunidades sobre a planificação do desenvolvimento de competências e da força de trabalho
  • Sistemas líderes de formação do sector público e privado, incluindo abordagens de Centros de Excelência que apoiam o desenvolvimento inter-sectorial de competências
  • Ampliar competências de liderança e gestão organizacional para incluir a gestão de projectos, a implementação de mudanças e a oratória pública
  • Abordagem de temas transversais de desenvolvimento (equidade de género, desenvolvimento inclusivo, ética, transparência)
  • Impacto da actividade extractiva nos géneros

Any questions?

If you cannot find the answer on our FAQs page, feel free to get in touch using the contact form.